Ao usar nosso site, você está aceitando o uso dos nossos cookies.
Multimídia

Poema visual: Fiumicino

Pudera Enfeitiçar Os leitores Persuadir Os ouvintes De que Não narro A minha Dor E narro A dor Inteira Que trago Quieta Em meu peito (Trecho do poema Fiumicino, do livro 14, de Patricia Tenório).

Patricia Tebnório programa Arte Agora
Vídeos

Um bate-papo sobre escrita no programa Uma hora de poesia

Recebi com grande felicidade o convite feito por Rogério Generoso para falar sobre escrita criativa e a minha paixão pela literatura no programa Uma hora de poesia, veiculado no canal do YouTube Arte Agora. O papo, é claro, rendeu muitos assuntos, lembranças e várias dicas…

Vídeos

A vida posta à mesa em Grãos

Porque não era mais criança. Mas desejava ser. E desejando continuava. Desobedecia, teimosa no arrumar dos talheres. A mesa posta, e os talheres malpostos. De propósito, para que notassem. É certo, porque devo ser certa. Correta. Perfeita. Ela joga o cabelo e jogando o cabelo…

Vídeos

Minha participação no Mulherio das letras Portugal

Tive o grande prazer de participar do IV Encontro Mulherio das Letras Portugal, um evento concebido para incentivar a colaboração e divulgação da literatura feita por mulheres em suas comunidades e sociedade nas cidades de Oeiras, Campo Maior, Vila de Frades, Setúbal e Lisboa. Além…

Pandora poemas de cárcere
Vídeos

Escrita, medo e criação em Pandora

As palavras me escapamNo cansaçoE não sei maisO que pensarNão sei maisComo juntarAs letrasAs conexõesNeuraisCorpo e menteDesconectadosPelo medoPelo pânicoCorpo e menteDesconectados (“Pandora”, poesia do livro “Poemas de cárcere”, de Patricia Gonçalves Tenório)

Índex* | Dezembro, 2021

Desfaço O tempo Como quem Desfaz A morte E retira Aqueles Nozinhos de Amargura Que os maus Momentos Nos dão * Invento A vida Como quem Escreve Um verso Cheio de Ternura E ao mundo Inteiro Presentear * (“A vida por um segundo”, 11/12/2021, 07h48)…