Poema de Cilene Santos*

EU, MULHER

Para celebrar a data
Dedicada às mulheres
Vesti-me de poesia
Me enfeitei até o pé
Pus nos lábios um sorriso
E um brilho novo no olhar
Segui o meu pensamento
E deixei-o me levar
A um mundo colorido
Construído só pra mim
Feito um jardim florido
Com cheirinho de alecrim
E o perfume se espraiou
Pelo ar da noite morna
A luz argêntea da lua
Aquele mundo adorna
E após esse deleite
Que me deixou tao faceira
Eu volto à vida contente
Sou grata ao que ela é
Por ter me favorecido
Com a sorte de ser MULHER

AUDIO-2021-03-08-19-50-03 – Cilene Santos

_________________________________________

* Cilene Santos, escritora, poeta, cordelista. Professora graduada em Letras, com especialização em Língua Portuguesa. Membro da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel, ocupando a cadeira nº 08, e tem como patrono Dimas Batista. Publicou Branca de Neve e os Sete Anões em Versos e A vida de Joel Pontes, em cordel. Participou dos Estudos em Escrita Criativa 2018 de Recife. Contato: cilenecaruaru2013@gmail.com