“A baronesa” | Charles Allington | Cinco primeiros capítulos

Com Adriano Portela, Jaíne Cintra, Juliana Aragão, Mariana Guerra & Patricia Tenório.

Capítulo 1:

Na transição entre o fim do século XIX e início do século XX, Viena, capital da Áustria, vivenciava um fin-de-siècle dos mais profícuos, em que Sigmund Freud, Gustav Klimt, Hugo von Hofmannsthal, Arthur Schnitzler e Otto Wagner protagonizavam transformações que viriam a mudar radicalmente o pensamento ocidental.

Em uma efervescente cena cultural, as conexões entre variadas formas de cultura – psicanálise, artes plásticas, narrativa teatral, arquitetura e urbanismo – se reinventavam em meio a uma crise político-social. É nesse pano de fundo que se desenrola a trama de “A baronesa”, que narra a história de Natália Schoemberg, cantora de ópera e integrante na nobreza vienense às voltas diante da acusação pelo assassinato do marido.

Baixe aqui o primeiro capítulo de “A baronesa”

A novela, de minha autoria, é assinada por Charles Allington, um heterônimo meu que, ao mesmo tempo em que narra a história, participa dela como protagonista. A intrigante trama de “A baronesa” estreou em 28/06/2020 sob a forma de uma novela foto-áudio-ensaística em vídeos e podcasts narrada por mim e por Adriano Portela, com design de Jaíne Cintra, roteiro e divulgação de Juliana Aragão, edição de Mariana Guerra. Os dez capítulos do livro – uma trama marcada por detalhes e pelo mergulho profundo nos aspectos psicológicos dos personagens – serão postados semanalmente e estarão disponíveis para streaming e download no meu site.

Capítulo 2:

A Baronesa · A Baronesa – capítulo 2

Depois do primeiro capítulo em vídeo, lançamos mais um episódio de “A baronesa”, uma novela foto-áudio-ensaística de autoria de Patricia Tenório que, a partir de agora até o penúltimo capítulo, será publicada em formato de podcast.

Leia o segundo capítulo de “A baronesa”

Neste novo capítulo, acompanhamos a gravidez de Natália e a preocupação dos pais dela com o futuro da filha, que deveria se casar com o marquês de Timboury, a quem havia sido prometida. Por conta da paixão por Viktor – que carrega a fama de homem boêmio e namorador na sociedade vienense do fim do século XIX e início do século XX – e do filho que espera, Natália vai ver sua vida transformada.

O nascimento da criança, a fundação da companhia de ópera de Viktor, a estreia de Natália em “La Bohème” e uma descoberta que vai mudar profundamente a relação do casal conduzem a trama deste novo episódio.

Capítulo 3:

No terceiro capítulo de “A baronesa”, novela foto-áudio-ensaística de autoria de Patricia Tenório aqui apresentada sob a forma híbrida de podcasts e de vídeos, testemunhamos a Companhia Azul estrear a ópera Elektra, de Richard Strauss, com Natália no papel principal.

Ao mesmo tempo, acompanhamos o início das investigações sobre a suposta morte de Viktor, a cargo do detetive Charles Allington, ao mesmo tempo em que, intrigado, o investigador-narrador reflete sobre os sentimentos dúbios que afloram à medida que ele se aproxima da cantora, principal suspeita pelo desaparecimento do marido.

Leia o terceiro capítulo de “A baronesa”

Capítulo 4:

A Baronesa · capítulo 4

No quarto capítulo de “A baronesa”, somos levados de volta ao baile no qual Viktor e Natália – então prometida ao marquês de Timboury – se conhecem e, mais de dez anos depois, acompanhamos as primeiras suspeitas dela sobre as traições do marido. Testemunhamos o encontro de Natália com Lou Salomé, suas mudanças de postura e os esforços para ignorar as saídas noturnas de Viktor, cujos casos extraconjugais já não são segredo para ninguém em Viena.

Leia o quarto capítulo de “A baronesa”

E então vem o flagrante de uma das traições e as reflexões de Natália, que envolvem inveja e arrependimento, e as preocupações do filho do casal sobre a tristeza da mãe. Paralelamente, a trama narra o caminhar das investigações conduzidas por Charles Allington, que busca nos detalhes da festa onde o casal foi visto pouco antes do desaparecimento de Viktor indícios que possam ajudar a solucionar o mistério.

Capítulo 5:

A morte do pai de Charles Allington, ao mesmo tempo personagem e heterônimo da autora de “A baronesa“, traz um evento inesperado e contundente à vida do investigador, que costura a trama da novela durante a apuração dedicada e incansável do desaparecimento e possível morte do barão Viktor Shoemberg.

E enquanto Viena fervilha nas ruas e nas reuniões privadas como a que o pai de Natália participa na casa de Sigmund Freud, a novela nos faz viajar por vários tempos distintos. Acompanhamos as lembranças de Charles sobre a infância dele em Londres, quando nem nos maiores devaneios o investigador imaginaria que um dia estaria vivendo na Áustria e trabalhando em um dos casos mais emblemáticos de sua carreira.

Leia o quinto capítulo de “A baronesa”

A narrativa segue nos envolvendo no desenrolar da apuração do suposto crime, com o depoimento de Natália e o complexo trabalho de Charles na tentativa de juntar as pontas soltas da história enquanto a dubiedade dos sentimentos nutridos por ele com relação à principal suspeita do possível homicídio ganha corpo.