Poemas de Cilene Santos*

11/04/2020

 

AZUL LILÁS

 

Abri portas e janelas

E deixei o Sol entrar.

Reguei as plantas lá fora

E pus-me a observar.

Vi que o mundo estava lindo

Como nunca vi estar.

De um Céu azul lilás

Com salpicos de algodão.

Que encantou os meus olhos

E enlevou meu coração.

Um beija-flor sorrateiro

Roubou da Latana o mel

E feliz saiu voando,

Misturando as suas cores

Com o azul lilás do céu.

 

 

Poeminha Singelo

 

Fico feliz quando chove

E a rua fica molhada

E os meninos doutras ruas

Brincam em minha calçada.

 

Fico feliz quando o Sol

Brilha e aquece as nossas vidas

E ouço os pássaros cantando

Suas canções preferidas.

 

 

Fico feliz quando a Lua

Brinca  em

minha  janela

E deixa a minha sala

Ser de todas a mais bela.

 

Se me sinto assim contente,

A felicidade existe.

Vou sair sorrindo à toa.

Nunca mais vou ficar triste.

 

_________________________________________

 

* Cilene Santos, escritora, poeta, cordelista. Professora graduada em Letras, com especialização em Língua Portuguesa. Membro da Academia Caruaruense de Literatura de Cordel, ocupando a cadeira nº 08, e tem como patrono Dimas Batista. Publicou Branca de Neve e os Sete Anões em Versos e A vida de Joel Pontes, em cordel. Participou dos Estudos em Escrita Criativa 2018 de Recife. Contato: cilenecaruaru2013@gmail.com