[Espaço] jornalista Martins de Vasconcelos | Organizadores Clauder Arcanjo, David Leite, Johann Freire | Enviado por Rizolete Fernandes

INTRODUÇÃO

 

Há dois anos, a editoria do Jornal de Fato convidou o escritor Clauder Arcanjo para coordenar a página 2 do periódico, dentro de um projeto de reformulação deste. De pronto, Clauder aceitou o desafio, convidando diversos escritores, intelectuais e professores a cooperarem, “de forma aberta, honesta e franca”, com seus textos.

Nascia, assim, algo plural e aberto, e o espaço não poderia levar outro nome a não ser o do inesquecível Jornalista Martins de Vasconcelos. Apodiense adotado por Mossoró que, segundo Raimundo Nonato, era “um homem simples, trabalhador e bom. Retrata o caráter de um sincero idealista, cujos dias, embora lhe tenham decorrido fartos de decepções, deixaram-lhe contudo, lugar para as manifestações de entusiasmo, do bom humor e de um sadio e permanente otimismo”. Detentor de “espírito polimático, o diretor de ‘O Nordeste’ foi, à sua época, o tipo representativo do homem de letras da província, do artista que realizou uma obra intelectual duradoura, num meio pequeno, numa cidade mercantil, muito mais preocupada com os lucros do que com os problemas da literatura”.

Aécio Cândido, Ângela Rodrigues Gurgel, Cadu Paiva, Clauder Arcanjo, David Leite, Dom Marcelo, Dulce Cavalcante, Flávia Arruda, Johann Freire, José de Paiva Rebouças, Kalliane Amorim, Klarice Holanda, Lilia Souza, Manoel Onofre Júnior, Raimundo Antonio de Souza Lopes, Rizolete Fernandes, Thiago Gonzaga, Vanda Jacinto… foram, de início, nomes que, com seus estilos, opiniões e lirismo, transformaram o Espaço numa trincheira opinativa e literária que orgulha, sobremaneira, o jornalismo potiguar. A esta grande equipe de colaboradores, juntaram-se outros valorosos nomes: César Calheiros, Edmílson Caminha, Enéas Athanázio, Francisco Obery Rodrigues, Hildeberto Barbosa Filho, Ítalo Gurgel, Padre Guimarães Neto, Vera Lúcia de Oliveira… tornando o espaço cada vez mais plural e eclético, homens e mulheres “sonhadores, idealistas, combativos, daqueles que não envelhecem com a idade”. Tudo para honra e graça à memória do multifacetado e inquieto mestre Martins de Vasconcelos.

Com o tempo, e com o incentivo dos leitores, o pedido para que reuníssemos, em livro, uma coletânea das páginas então publicadas. Resolvemos (Clauder Arcanjo, David Leite e Johann Freire), de pronto, coordenar uma edição em que cada autor selecionaria três dos textos já publicados.

A seguir, caro leitor, a primeira coletânea do Espaço Jornalista Martins de Vasconcelos: crônicas, ensaios, contos, resgates históricos, opiniões, memória, aforismos, perfis… Enfim, à moda do mestre que nos guia, um tributo ao bom, sério, plural e perene jornalismo.

Boa leitura!

Antonio Clauder Alves Arcanjo, David de Medeiros Leite e Johann Freire

(Organizadores)

Setembro de 2019

__________________________________________

IMG_9875

__________________________________________

* Introdução de [Espaço] jornalista Martins de Vasconcelos. Organizadores: Clauder Arcanjo, David Leite, Johann Freire. Mossoró: Sarau das Letras, 2019.