Estado de Guerra ou John Locke de saias* | Geórgia Alves**

 

Izabel não prestava atenção aos dias. Naquele domingo faria esforço até obter algum resultado. Encarregada de ajudar nas filmagens da família. Não havia roteiro, desenho das cenas e isso lhe encheu de tensão.

Acordou antes das cinco. O carro seguiria às oito e meia. Houvesse compromisso, era comum acontecer com ela: despertava antes do marcador. Tentou e não conseguiu voltar ao sono. As horas arrastadas. Chegado o momento, de ligar a câmera, estava exausta. Por circunstância, teve que ser fotografada com um vestido de noiva e arrastar sua longa cauda. Como se não bastasse.

Ao chegar na locação, viu-o. A infância ensinou a chamá-lo de tio. Estava a duas reuniões de família com aquilo. Há uma semana recebera ligações. O homem com fala dissimulada, foi perguntando se estava em aperto financeiro. Quando Izabel quis saber onde estava a tia, foi rápido:

— Quero ver você.

Ela desligou. Ligou para o pai.

Ele não acreditou, e minimizou a gravidade.

Ela esperou voltar à casa para acusá-lo diante de todos.

Outro tio teve atitude diferente. Advertiu o canalha. Acompanharia a sobrinha na denúncia caso houvesse outro telefonema. O canalha ironizou.

Izabel voltou para casa. Revolveu livros da época da faculdade. Releu tratados da natureza, estado e de governo civil.

Uma Jonh Locke em silêncio.

Em estado de guerra, conseguiu dormir, até o meio dia.

 

_____________________________________

* Conto apresentado no IV Encontro dos Estudos em Escrita Criativa 2019, Unicap.

** Geórgia Alves é jornalista de formação e batente, pesquisadora, revisora de livros com especialização e mestrado em Teoria da Literatura. Tem duas obras publicadas: Reflexo dos Górgias (2012) e Filosofia da Sede (2014), além de participação em quatro coletâneas: Recife de Amores e Sombras (2017); Antologia Cronistas de Pernambuco (2010) e Além da Terra Além do Céu I e II (2015 e 2017, respectivamente). Tem, ainda, dois curtas, um deles premiado: O Triunfo (2007, 10 min) e Grace (2009, 3 min), disponíveis na internet. Contato: georgia.alves1@gmail.com