Por uma mobilidade performativa* | Elilson**

Plataforma de acesso sem catracas

 

Este livro é costurado por palavras, imagens, salivas, impressões digitais, intervalos, espaços em branco e outros índices de encontros; interligado por conjuntos precários de circunstâncias, escolhas, acasos, agenciamentos, acordos, negociações, afetos, pesos, volumes, moedas, deslizes e atritos – dentre outras propriedades e acontecimentos de palavras-e-corpos. Tenta preservar nas entrelinhas esbarros, ruídos, timbres, cacofonias, tintas e peles. Pesa toneladas de ferro, concreto armado, gente, poeira e palavras. Balança, corre e freia. Faz inúmeras baldeações. Tem temperatura variante, de modo geral, entre 20 e 40 graus Celsius, múltiplas durações e um valor que se divide entre pagamento de tarifas metropolitanas, compra de materiais precário-relacionais, impressão e tiragem.

Seu conteúdo é cartografado pela descrição de ações performáticas realizadas em ruas e transportes coletivos da cidade do Rio de Janeiro entre 2016 e 2017. As ações e proposições teóricas que integram este livro estão vinculadas à pesquisa de mestrado que desenvolvo no Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena da UFRJ, com orientação da professora Eleonora Fabião. A abordagem geral da pesquisa é a proposição e investigação de inter-relações entre arte da performance e mobilidade urbana. Assim, o conteúdo deste livro flerta, dentre outros aspectos, com o planejamento urbano da cidade do Rio de Janeiro e suas transformações, com iniciativas poéticas e políticas para praticar a circulação na cidade, com a experimentação dos transportes coletivos como espaços performativos, com a relação entre caminhada e história e com o interesse pela concidadania.

[…]

________________________________________

IMG_8777

IMG_8778

________________________________________

Por uma mobilidade performativa. Elilson. Rio de Janeiro: Editora Temporária/Rumos Itaú Cultural. 2017.

** Contato: elilson_@hotmail.com