Quem sou eu?* | Elba Lins**

Recife, 21/07/2018, 21h37

 

Noite em claro!

O frio não me deixa dormir. Na lareira, mirrado, um único feixe de gravetos secos, se mistura às cinzas e tenta me aquecer, substituindo a figura a meu lado – que já foi fogo e agora é menos que gelo. Amanhã preciso colher gravetos secos na floresta.

Agora, sentada à beira do caminho, penso no ontem.

 

*********

Cansaço!

Que importa o peso nas costas? Preciso parar, fechar os olhos, me entregar por instantes, aos braços de Morfeu. Fugir das lembranças da noite insone. Na pedra bruta me aconchego e sou mais feliz que na cama compartilhada.

Neste momento a paz chega a mim.

 

**********

Esquisito!

De repente me sinto em paz. Já nem lembro da noite insone, do peso nas costas, do amor desfeito. Sinto uma mão externa refazendo meus passos, dando novas cores à minha face e pensamentos leves à minha mente.

Isto agora é parte de mim.

 

**********

Dúvida!

Continuo sem saber quem sou. Se a camponesa abandonada com frio e sem sono, se a jovem tranquila de faces coradas ou esta presença estranha que parece extrapolar minha figura feminina.

De repente, já não sei mais quem sou ou o que sou.

 

**********

Pobre menina!

De lenço vermelho da mesma cor da boca úmida, braços cansados e perfeitos, semblante de paz. Tudo nela inspira paixão. Já não tenho certeza se ela existe. Minhas mãos inquietas procuram tocá-la, senti-la…

E cada pincelada vã, me aproxima dela.

 

IMG_8309

***

______________________________________

* Exercício de um encontro extra do grupo original dos Estudos em Escrita Criativa, em Recife, com Bernadete Bruto, Elba Lins, Luisa Bérard e Talita Bruto em 17/07/2018.

** Elba Santa Cruz Lins (Monteiro/PB, 1957) é formada em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Pernambuco (1979), fez MBA em Gestão de Negócios (EAD) pela PUC-PR. Trabalhou durante 34 anos na área de Telecomunicações da CHESF (Companhia Hidroelétrica do São Francisco). Atualmente aposentada, dedica-se à escrita. Fez curso de Contação de Histórias no Zumbaiar (Recife). Faz poesias e há dois anos participa dos Estudos em Escrita Criativa, sob a coordenação de Patricia Gonçalves Tenório. Lançou em 2017 seu primeiro livro de poemas, Do outro lado do espelho: O feminino em estado de poesia. Contatos: elbalins@gmail.com

*** Woman Carrying Brushwood, 1873, Munkácsy Mihály.