Poemas de Cilene Santos*

Doce Amanhecer

Maio, 2018

 

Um raio do Sol

Desce à Terra.

Fecunda o ar

E faz nascer sorrisos

De olhos que já não riem.

Faz secar lágrimas

De quem já não percebe

O encanto do existir.

Desnubla olhares,

Para que toda a gente aprecie

A beleza da translucidez

De um dia de sol.

E a magnitude deste dia

Atravessa a alma de todos,

Até o ocaso,

Quando o dia findo

Despede-se e dá as boas-vindas

À noite que chega.

 

Quereres

Junho, 2018

 

Quero dividir contigo

A minha vida.

Contar segredos

Que para ninguém eu conto.

Falar dos sonhos

Que sonhei na madrugada.

Mostrar no rosto

Uma lágrima caída.

E no olhar, um sorriso de chegada.

Quero te dizer que vi

Uma flor se revelando,

Um sol se pondo

E uma estrela deslizando.

Te direi também

Que ouvi uma canção

Que de ti me fez lembrar.

Quero te surpreender

Em uma manhã de sol,

Usando aquele vestido

Branco neve de cetim.

Rir contigo, duma piada engraçada.

Depois, ficar em silêncio.

Sem pensar em nada.

Dormir abraçada a ti

E, ao acordar, ver teu rosto

Sorrindo para mim.

 

___________________________________

* Cilene Santos é professora aposentada e grande poetisa. Contato: cilenecaruaru2013@gmail.com