Almas Gêmeas | Patricia Tenório*

Abrantes, Portugal

10/09/12

Entre as Torres e eu
Existe um rio
Ele carrega a luz
A vida
O sol
Calor

Entre as Torres em si
Existe o átomo
O núcleo
Da fusão
Do perigo:
A explosão

Entre as Torres e ti
Existe o abismo
Um espaço vazio
De solidão e dor

Quem sabe
Escutes daí
O meu gemido
Meu clamor
Por teu toque
Por tua alma
A tua dor

Que entre mim e ti
Faça sentido:
As Torres Gêmeas da usina nuclear
Me atraírem
Apesar da possível
Contaminação

**

_____________________

* www.patriciatenorio.com.br e patriciatenorio@uol.com.br

** Vista dos Jardins do Castelo de Abrantes.