O Tempo* – Patricia Tenório

 

A grande verdade descortina em azul

E a cor dos teus olhos esvaece

No horizonte perdido dos meus dias

Sozinhos.

Na áurea da juventude esquecida

Nos poucos rubros que escondo

No rosto exposto que vejo

Na flor que murcha e se esquece.

E tudo o que fui me aparece

A tela pintada se agita

Vendo a distância construída

Na efêmera fumaça perdida.

 

 

**

__________________________

 

* Texto extraído de Grãos, 2007, Editora Calibán.

** Jardins du Château Saint-Germain-en-Laye, Île de France, France. Photos avec Isabelle Macor-Filarska.