Conversações I: Com Victor Brecheret*

Convido todos e todas a também conversar com a exposição A arte indígena de Victor Brecheret, que ficará no Centro Cultural dos Correios – Recife até 31 de Julho de 2011.** 

Patricia Tenório.

______________________

Mãe Índia, Victor Brecheret

 

“Além da terra cota, Brecheret utilizou-se de pedras. Pedras que vieram do mar. Um tesouro que as ondas não quiseram mais e depois de descobertas nas areias da praia, foram levadas para o atelier: pedras que durante séculos viveram sob o dorso verde do oceano. Esculpindo-as, Brecheret deu-lhes uma história. Marcou ali, em traçados rústicos, a figura de uma índia, de um peixe. E suas pedras criaram vida.” (Victor Brecheret Filho)

 

 

Bartira, Victor Brecheret

 

bARtira

Patricia Tenório

10/06/11

 

 

dez anos casados

dez anos separados

e os anos vão

desanuviando espaços

cavando buracos

cravando feridas

onde não mais passo

 

crateras da vida

estão lá

tontas

feito meu pensamento

ocas

feito um coração partido

sérias

de considerações

 

e a partir de mim

a partir de ti

partir no navio

mais longínquo

mais agudo

mais aguado

de sal e mar

de sol e terra

de ar

e Ar

e AR

______________________

* Victor Brecheret (Farnese, Província de Viterbo, na Itália, 22 de fevereiro de 1894 — São Paulo, 17 de dezembro de 1955) foi um escultor ítalo-brasileiro, considerado um dos mais importantes do país. É dele a famosa escultura “Monumento às bandeiras” que fica em frente ao Palácio Nove de Julho em São Paulo.

 

**Exposição A arte indígena de Victor Brecheret

Onde: Centro Cultural Correios Recife (Av. Marquês de Olinda, 262, Recife Antigo)
Quando: Visitação de terça a domingo, de 07  de Junho a 31 de julho
Informações: (81) 3224-5739
Quanto: Entrada gratuita