Posts com Cursos

Curso de voz | Carlos Ferrera*

 

DE 04 DE SETEMBRO A 06 DE NOVEMBRO, ESTAREI MINISTRANDO O PRIMEIRO MÓDULO DE UM CURSO DE VOZ (INICIANTE/ TURMA MISTA) COM DURAÇÃO DE 02 (DOIS) MESES, SEMPRE ÀS TERÇAS E QUINTAS (DAS 19:00 ÀS 22:00 HORAS).

DURANTE ESSE PERÍODO ABORDAREMOS TEORIAS E PRÁTICAS ACERCA DO TRABALHO VOCAL NA MÚSICA E NO TEATRO, FRUTOS DA MINHA ATUAÇÃO COMO CANTOR, ATOR, LOCUTOR E PREPARADOR DE ELENCO.

VAGAS: 15
INVESTIMENTO MENSAL: 120,00

LOCAL: ESPAÇO CANTO

RUA VIGÁRIO TENÓRIO, EDIFÍCIO ÁLVARO SILVA OLIVEIRA, 199, 3° ANDAR – RECIFE ANTIGO

INSCREVA-SE JÁ, DEIXANDO OS SEUS CONTATOS, PELO E-MAIL: cursodevozcarlosferrera@yahoo.com.br

_____________________

* Enviado por Carlos Ferrera: cferrera_ferrera@yahoo.com.br

OFICINAS GRATUITAS de Clown, Yoga e Capoeira | Enviado por Leidson Ferraz

Notícia excelente para artistas com experiência no Teatro, na Dança ou no Circo:

O projeto LE PETIT: GRANDEZAS DO SER, da Companhia Circo Godot de Teatro, dos artistas Andrêzza Alves, Ana Paula Sá, o italiano Damiano Massaccesi (foto em anexo), Asaías Lira e Quiercles Santana, vai estrear o espetáculo de mesmo nome em maio, durante temporada no Teatro Hermilo Borba Filho, mas antes, já a partir do próximo dia 27 de fevereiro, inicia uma série de OFICINAS GRATUITAS DE CLOWN, YOGA E CAPOEIRA para artistas já experientes do teatro, da dança ou do circo, maiores de 18 anos, todas incentivadas pelo Prêmio Myriam Muniz, da Funarte. São 15 vagas para cada (haverá seleção) e só é preciso mandar curriculum de 01 página destacando formação e atividades artísticas práticas, além dos contatos, para o e-mail lepetitgrandezasdoser@gmail.com. As inscrições já estão abertas e independentes para cada oficina. São elas:

CLOWN – De 27 de fevereiro a 06 de março, das 14 às 18h, no Sesc Casa Amarela (Av. Professor José dos Anjos, 1109, Mangabeira. Tel. 3267 4410), com André Casaca (paulistano radicado na Itália) e Damiano Massaccesi. 

YOGA – Março e abril, a partir de 1 de março, no Espaço Fiandeiros (Rua da Matriz, 46, 1º andar, Boa Vista. Tel. 4141 2431), às segundas e quartas, das 9 às 10h, com Swami Munindra Mohan.

CAPOEIRA – Março e abril, a partir de 1 de março, no Espaço Fiandeiros (Rua da Matriz, 46, 1º andar, Boa Vista. Tel. 4141 2431), às terças e quintas, das 17 às 18h, com Mestre Dendê (Antonio Carlos Lino dos Santos).

Informações: 9828 6916 / 8518 7387 ou 8198 4223.

Agradeço a divulgação, se puder compartilhar com os amigos!

Leidson Ferraz: 3222 0025 / 9292 1316 / ferraz.leidson@gmail.com.

Silgom

Curso Intensivo de Comédia – Ágata Cia de Artes

 

Enviado por Ágata Cia de Artes: contato@agataart.com.br

TEATRO INFANTIL é tema de videoconferências gratuitas para todo o Brasil nas unidades do SESC

 

O SESC Nacional vai promover um ciclo de palestras sobre TEATRO INFANTIL, com transmissão por videoconferência para cada unidade do SESC pelo país, com carga horária de 15h, nos dias 7, 10, 11, 13 (direto do Rio para todo o Brasil) e 14 de outubro (direto do Recife para todo o Brasil), das 14h30 às 17h30 (horário de Brasília). Qualquer interessado pode participar gratuitamente (no Recife, será no SESC de Santo Amaro, sala Paulo Freire, mas acontecerá em todo o país). Eis os detalhes da programação:
Transmissão: SESC – Departamento Nacional – Centro SESC de Desenvolvimento Técnico. Mediação: Marcos Rego (Assessor Técnico – Gerência de Cultura / DN).

7/10 (sexta) – Palestrante convidada: Lúcia Coelho – discorrerá sobre o seu fazer Teatral, como a arte de tecer ideias: as palavras, as imagens, o movimento, o ritmo, o som e a luz que formam o desenho cênico que é desvendado quando se abrem as cortinas para o público. A trajetória da dramaturgia para criança e a historiografia da produção nacional à luz da contemporaneidade são os pilares que nortearão a palestra.
Lúcia Coelho – Uma das maiores autoridades brasileiras do Teatro/Educação, começou sua carreira no magistério da arte, desvendando o mistério e a magia que envolvem a criança no ato de se expressar com liberdade. Formada em Licenciatura em Artes pelas Faculdades Integradas Bennett, Lúcia Coelho começou sua carreira muito jovem e, ao longo de sua trajetória participou da formação de vários artistas e atores brasileiros. Vencedora de mais de 20 prêmios.

10/10 (segunda) – Palestrante convidado: Miguel Vellinho – O diretor/dramaturgo traçará um painel acerca do Teatro para Crianças no Brasil, com foco na produção contemporânea. Como um dos especialistas no Teatro de Formas Animadas fará, ainda, uma radiografia do gênero no país. Como forma de auxiliar os participantes no quesito compreensão do discurso narrativo do gênero, o professor apresentará uma linha historiográfica desde as primeiras experiências de espetáculos montados para o público infantil no país, incluindo a polêmica data da primeira peça em solo brasileiro “O casaco encantado”.
Miguel Vellinho – É professor da UNI RIO. É um dos fundadores do Grupo Sobrevento. Criou a Cia. PeQuod de Teatro de Animação em 1999. Desde então, ele tem dirigido todos os espetáculos da companhia, além de escrever as peças, idealizar a concepção visual das montagens e trabalhar na confecção dos bonecos. Esta última faceta do seu trabalho lhe rendeu um Prêmio Maria Clara Machado em 2003, na Categoria Especial, pela qualidade dos bonecos usados no espetáculo O Velho da Horta.

11/10 (terça) – Palestrante convidada: Andrea Elias – A palestra apresentará o conceito de Teatro Dança para Crianças, transitando questões centrais da linguagem da dança contemporânea em direção à recepção pelo público infanto-juvenil, atentando para a capacidade de abstração pertinente a cada idade. A criação de espetáculos neste “novo gênero” necessita da construção de uma ponte entre o olhar da criança e as questões próprias das linguagens da dança e do teatro que, muitas vezes, obedece radicalmente ao princípio de não remeter a coisa alguma.
Andrea Elias – Mestre em Teatro pela Uni Rio; especialista em Educação Estética, Licenciada em Artes Cênicas e bailarina. Em 2003, criou e dirige o Teatro Xirê, companhia destinada à investigação da cena através do movimento. Em seu repertório tem os espetáculos “Ciranda”, “Quando crescer, eu quero ser…” e “Cuidado”. Coordenou a área de corpo do Programa de Criança Petrobras na Maré, onde desenvolveu projeto de circo-educação. 

13/10 (quinta) – Palestrante convidada: Karen Acioly – A palestra traçará um painel da rica produção desta autora da primeira ópera para bebês escrita no Brasil. Como foco central, a experiência de administrar um teatro vocacionado para o público infantil (Teatro Municipal do Jockey), estabelecendo uma política pública para a área. Buscará tratar, ainda, da particularidade do universo infantil, desde a tenra idade.
Karen Acioly – Atriz, dramaturga e teatróloga brasileira. Ao todo, escreveu mais de 20 peças infanto-juvenis e dirigiu a maior parte delas. Sua obra já recebeu diversas premiações, como Sharp, Mambembe, Coca-Cola, Zilka Salaberry e Maria Clara Machado. Em 2001, tornou-se a primeira coordenadora de teatro infantil do município do Rio de Janeiro. Em quatro anos, seu trabalho levou 80 mil crianças ao teatro.
Transmissão: Departamento Regional SESC Pernambuco (Núcleo de Desenvolvimento Técnico). A sala Paulo Freire é pequena, para até 40 pessoas. Prioridade à ordem de chegada. Mediação: José Manoel Sobrinho (Coordenador de Cultura do DR/PE) 

14/10 (sexta) – Palestrantes convidados: Leidson Ferraz, Edivane Bactista e Andreza Nóbrega –  Mesa Redonda que colocará em debate os núcleos de estudo sobre o Teatro Infantil no Nordeste, com a perspectiva da escrita de uma história do teatro que legitime as experiências artísticas fora do eixo Rio-São Paulo. Os especialistas falarão dos avanços na produção, das conquistas no quesito acessibilidade e inclusão dos portadores de deficiências e das temáticas incomuns na dramaturgia, como a filosofia, as perdas e os mitos gregos.
Leidson Ferraz – É ator, jornalista e pesquisador teatral, organizador da coleção Memórias da Cena Pernambucana, com quatro volumes. Atualmente pesquisa o Catálogo do Teatro Para Crianças de Pernambuco.
Edivane Bactista – Atriz, jornalista e produtora cultural, uma das coordenadoras do Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco (já com nove edições).
Andreza Nóbrega – Atriz e mestranda em educação, pela Universidade Federal de Pernambuco, está se especializando em audiodescrição. Seu projeto de pesquisa investiga a acessibilidade do teatro para crianças cegas. 

Enviado por Leidson Ferraz: (81) 3222 0025 / 9292 1316

                                               ferraz.leidson@gmail.com

Cursos – Márcia Lígia Guidim

Nossos Cursos (setembro/outubro 2011)

PERCA O MEDO DE ESCREVER SEUS CONTOS E CRÔNICAS. (Módulo 1) Curso-oficina de 14 horas-aula (7 encontros)
Quartas-feiras quinzenais, das 19 às 21 horas.

Local: Oscar Freire, 836, ap 121 [Entre Bela Cintra e Haddock Lobo/ zona azul]
Total de alunos: até 6
Professores: Dra. Márcia Lígia Guidin
DATAS
setembro/ outubro/novembro de 2011
Setembro: dias 14, 21 e 28
Outubro: 5, 19 e 26
Novembro: 9

PÚBLICO: Todos aqueles que escrevem histórias (que estão na gaveta) ou que desejam escrevê-las, mas que precisam de estimulo e técnicas iniciais. O curso pretende que os alunos saibam que todos temos como escrever.

A escrita pode ser um dos desejos das pessoas, que não se sentem à vontade para fazê-lo, ficam intimidadas, sempre achando que outros escrevem mais ou melhor, ou que sua produção não é digna de ser lida por outros. O curso quer destravar esse mecanismo e mostrar que, com treino, é muito simples começar o processo de autonomia da escrita literária.

PROGRAMA
a) O que é como é fazer conto e crônica?
b) O que é o foco narrativo? Ou seja, de que ponto de vista posso narrar?
c) Existem modelos mais eficientes e/ou modernos de contar histórias?
d) A extensão, o tempo e os tipos de textos ficcionais.
e) A criação dos personagens principais e secundários
f) Quando, como e para que começar uma história?
g) Quando e como terminar uma história?
h) Que leitor eu quero para mim?
i) Preciso ser original?

ESTRATÉGIA:
Leituras, explicações, produção de textos escritos em casa e comentados em aula.

Professora Márcia Lígia Guidin, Mestre e Doutora em Letras pela USP. Professora Titular aposentada de Literatura Brasileira. Editora, autora de ensaios e obras de crítica literária. Membro Oficial da Comissão Organizadora do Prêmio Jabuti e Membro Titular da Academia Paulista de Educação.

Investimento: (R$ 630,00 pelo módulo todo
(duas parcelas, ao inicio e metade do curso).
Note: O primeiro encontro é pago de forma avulsa para avaliação da aula: R$ 90,00).

Endereço:
Rua Augusta, 2676, Cj 143.
Telefone: 11 3063-3390 | 3064-3362
[Estacionamentos e zona azul no entorno].
Após ás 19 horas, pode-se estacionar na Oscar Freire e Lorena.

Obs: Turmas com no mínimo 4 e no máximo 6 alunos.

_____________________________

Profa. Márcia Lígia Guidin

www.miroeditorial.com.br 

Rua Oscar Freire, 836 – cj. 121

01426-000 – São Paulo – SP

Tel.: (11) 3063-3390   FAX: (11) 3064-3362