Ao usar nosso site, você está aceitando o uso dos nossos cookies.

Índex* – Novembro, 2016

Arabella cruzou o caminho mais estreito e nem percebeu o buraco da fechadura, a porta que atravessou, do passado para o futuro. Ela se encantou com o belo dos olhos dele, que transpareciam a juventude cintilante de um menino azul. Ele lhe ofereceu uma flor,…

A Maestrina* | Patricia (Gonçalves) Tenório**

16/11/16, 14h40   Alex acordou cansado. Do fundo da cama, no fundo do quarto de pensão, ele acordou cansado. Pensou que havia sido a viagem de tantas horas de Bento Gonçalves a Porto Alegre, de Porto Alegre a São Paulo. Ou talvez fosse o medo…

(des)carnaval(ha) | Patricia (Gonçalves) Tenório*

09/03/2011 Acordou bem cedo para dar tempo de filmar o sol nascendo. Pegou a câmera, carteira de motorista e uns trocados… – Para dar ao ladrão. Alisou os cabelos da filha dormindo. Os cabelos longos de Ana Clara. Os cabelos longos de Ana Clara dormindo….

“Bífida e outros poemas”* | Alexandra Lopes da Cunha**

Amanhã   Amanhã é possível, penso, e fecho-me para o dia de hoje, morto pelo contar das horas. Não serei sua viúva, nem chorarei seu passamento. Um dia que se foi, apenas… Verei outros dias, parece-me.   Amanhã será, digo e repito, o alento ao…

“Inferno Provisório” | Luiz Ruffato

From: luizruffato@uol.com.br [mailto:luizruffato@uol.com.br] Sent: domingo, 13 de novembro de 2016 10:16 To: undisclosed-recipients: Subject: Inferno provisório   A Cia das Letras acaba de lançar uma nova edição do Inferno Provisório – revista, reescrita, reorganizada e em um único volume. O livro está disponível nas livrarias…

Poeta de Meia-Tigela, Carlos Nóbrega & “Pixo”

From: poeta de meia tigela [mailto:poetademeiatigela@yahoo.com.br] Sent: segunda-feira, 14 de novembro de 2016 12:45 To: O. Poeta de Meia-Tigela <opoetademeiatigela@gmail.com> Subject: Carlos Nóbrega: Pixo Amigas, amigos Confiram Carlos Nóbrega recitando “Pixo”, derradeiro poema do acidade, nosso livro-parceria Abraços de dmt   ___________________________________   Digamos que…

Poema de Maria Rizolete

From: Maria Rizolete Fernandes [mailto:fmariarizolete@yahoo.com.br] Sent: sábado, 19 de novembro de 2016 18:01 To: Subject: Enc: Fwd: Enlace para descargar libremente la antología NO RESIGNACIÓN Amigos, Compartilho a inclusão do meu poema Coro Feminil na antologia No Resignation, publicada pelo Ayuntamento (Prefeitura) de Salamanca e…

Poema de Cristina Campeanu

Delante el Tribunal de jurados Y heme aquí recto, delante el Tribunal de jurados: „Díganos la verdad, me dicen frunciendo el ceño, ¿por qué pisó sobre la hierba?, ¿por qué miró la alba en llamas? ¿por qué se nutrió con las estrellas y con el…

“Estação das clínicas”* | Iacyr Anderson Freitas**

Chave   vê como o próprio dia é despedida   como se esgota o parto de cada segundo como é cruel a agonia das cigarras      o tiritar da noite nas cisternas os séculos de sementeiras que ficaram por crescer   vê como a vida ferve…