Ao usar nosso site, você está aceitando o uso dos nossos cookies.

Índex* – Janeiro, 2014

Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus: tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado; tempo para matar e tempo para sarar; tempo para demolir, e tempo para construir; tempo…

“D’Agostinho”* | Patricia Tenório**

                    “A partir dos estudos de Confissões, de Santo Agostinho, procurei refletir poeticamente ou poetizar filosoficamente. Através das imagens agostinianas, fizeram-se eco partículas cintilantes de luz, reminiscências que eclodiram em forma de poesia.”   QUEDA LIVRE…

Poemas* de Juçara Valverde**

MÃE TERRA   Sou terra nua e crua Sedenta das águas de minhas entranhas.   Venço a crueldade nutrindo a fome das bocas vazias. Liberto sementes para alimentar o futuro.   Subjugo a vergonha das diferenças na busca do tempo da temperança da amizade. Intolerâncias…

Fotografias e Poemas* | Nataercia Rocha**

ar   As forças diminuem Enquanto penso em desistir. Corpo pesado Mente lenta Dores fortes. Mergulho profundo Mas não me afasto da superfície. Peço ajuda E os sinais rareiam. Nado em desespero Respirando sem consolo. Alma machucada Espírito dorido. Desejo encontrar a entrada E emergir…

Poética* | José Rodrigues de Paiva**

Para Maria da Conceição Rodrigues               A mais remota lembrança que tinha de qualquer propensão para a Arte datava da infância. Perguntara-lhe o pai, certa vez, o que é que ele queria ser quando crescesse. Procurou nas poucas opções de que provavelmente teria ouvido…

Poemas* de Iacyr Anderson Freitas**

O NÚMERO DA DOR   Tão de leve principia que em nada, quando começa, lembra o calor de seu dia, armado de tanta pressa.   Armado de nervos, quinas, um ardor de mil arestas, capaz de aguçar esquinas no inferno de suas festas.   Inferno…