Ao usar nosso site, você está aceitando o uso dos nossos cookies.

Índex – Abril, 2012

                           No Índex deste mês apresentamos textos de diversos autores, com diversas nuances, enriquecendo cada um, cada vez mais o blog de Patricia Tenório.              O Grito da escrita, da arte que sai das entranhas a se espalhar pelo mundo inteiro… Ofereço esse conto que…

O Grito* – Patricia Tenório

No começo foi o grito. Anésia Pacheco e Chaves               Acendo o abajur e a lâmpada queimada não ajuda a chegar ao banheiro, lavar o rosto, olhar no espelho quebrado.             Me olhar no espelho quebrado.             Crescem rugas no meu rosto estranho. Não…

Entre o rio e o verde* – Luzilá Gonçalves Ferreira**

              Não é para todo mundo não: morar em uma cidade e ter bem perto de casa padaria, farmácia, supermercado, correios. E ao lado disso, um rio no quintal, e com ele uma fauna, cuja maioria dos recifenses não desfruta. Me explico: vez em…

PROSAVERSOPROSA | Clauder Arcanjo em Espelho

  Andares    Dos desertos, trouxeste a aridez das pretensas certezas, a vacuidade das horas, a quentura tórrida dos infinitos medos. E, na algibeira, a algaravia do intrépido vazio, inteiro. Das campinas, no fundo dos teus olhos verdes, a esperança de outrora, postagem de eternos…

Notas sobre autoria*| Abílio Pacheco**

              A questão da identidade do sujeito enunciador para Maingueneau (1996) está relacionada às três categorias que coincidem no enunciado que por sua vez tem uma única fonte. As três categorias são: o produtor físico, o “eu” enunciador, origem da referência dos embreantes e,…