Ao usar nosso site, você está aceitando o uso dos nossos cookies.

A prova* – Patricia Tenório

              Eu queria dizer que em cada amor existe ódio e em cada ódio, um pouco de amor.             Vou logo lhe avisando: essa história não é das melhores. Se tiver coração mole ou preconceitos racionais, procure outro passatempo, veio ao lugar errado. Mas…

Uma nova carta de Newma Cynthia*

  Querida Patricia, Reapareço, enfim, depois de ler e reler “A MULHER PELA METADE”. Em busca do novo, confesso que demorei a entender o sentido da percepção da artista com uso de sensações como instrumento da escrita, de forma positivista até o alcance do consciente….

IV Encontro de Literarura Infanto-Juvenil da UNICAP

  ELITA FERREIRA E A MAGIA DA TRANSFORMAÇÃO                                    PERÍODO: 07 a 11 de novembro de 2011   COORDENAÇÃO: Prof. Robson Teles   PROGRAMAÇÃO Dia 07/11 19h a 21h30min Auditório Inácio de Azevedo – Bloco B, 1º andar Abertura: Universidade Católica de Pernambuco: espaço de…

O Tempo* – Patricia Tenório

  A grande verdade descortina em azul E a cor dos teus olhos esvaece No horizonte perdido dos meus dias Sozinhos. Na áurea da juventude esquecida Nos poucos rubros que escondo No rosto exposto que vejo Na flor que murcha e se esquece. E tudo…

sobre a lápide: o musgo – Helder Herik*

  APRESENTAÇÃO               Neste terceiro livro, houve a fusão dos dois anteriores. ‘Lápide’ lembrando Amorte e ‘Musgo’ lembrando As Plantas Crescem Latindo. Sob um e outro, as várias dicções. As minhas falas de poesia. Daí dizer que não procuro uma linguagem própria. Procuro a…

Terror* – Patricia Tenório

  Costuro tua boca E não deixo passar palavras vãs Insisto  na clarividência de Te prender, possuindo alma Encarcerando corpo Amarro tuas mãos sangradas Em uma viga de mármore Retiro cada um dos teus cabelos Lento, calmo, frio Me lanço contra teu corpo rijo Em…

Domingos sem Deus, Luiz Rufatto

  Amigo, amiga, Nas livrarias Domingos sem Deus, quinto e último volume do Inferno Provisório, um projeto, editado pela Record, que me consumiu exatos 15 anos, desde quando escrevi o primeiro livro em 1996 (Histórias de remorsos e rancores, publicado em 1998, que se tornou depois O mundo inimigo). Grande…